– Se você for a Torres del Paine, tem que passar pela Cueva del Milodón – nos aconselharam muitas vezes, eu diria todas as vezes quando nos referíamos à nossa viagem ao fim do mundo. Então, sem pensar mais, deixamos uma marca em nosso mapa para não esquecer a parada popular: o Monumento Nacional Cueva del Milodón, a apenas 24 quilômetros ao norte de Puerto Natales.

Declaradas monumento histórico em 1968 e monumento nacional em 1993, as Cavernas de Milodón guardam as histórias e experiências dos primeiros grupos humanos do continente. Homens e mulheres que aqui vieram em busca de refúgio do clima imprevisível e da espreita de animais selvagens, gente que só conhecemos em 1895, quando o pioneiro alemão Hermann Eberhard tornou pública a descoberta do local e dos restos de pele que viria a ser. mais tarde serão identificados como restos do Milodon pré-histórico.

Segundo nos contaram, um caminho de madeira nos guiará diretamente até a entrada da imponente e majestosa caverna. O eco fará repercutir as nossas palavras e a escuridão nos convidará a segui-lo para nos aventurarmos nas profundezas da gruta.

Já nos avisaram que num pequeno miradouro, um milodonte de madeira estará à nossa espera com as mandíbulas abertas e as garras prontas para atacar. Claro, não há nada a temer. Esta réplica procura apenas chamar a nossa atenção para nos mostrar a exposição com os vestígios que comprovam a sua existência há mais de 14.000 anos. Lá poderemos tirar fotos e aprender mais sobre este incrível animal e os segredos que a verde Patagônia esconde.

Os ingressos para o Monumento Natural podem ser adquiridos em https://www.aspticket.cl/index.xhtml

Detalhes Monumento Natural Caverna Milodón


Local na rede Internet

Reservar Monumento Natural Caverna Milodón


Map